quinta-feira, outubro 26, 2006

Homenagem a Chopin


Ali, no cemitério mais famoso de Paris estão depositados os restos mortais de Chopin, excluindo o coração que o compositor mandou extrair e enviar para Varsóvia, sua terra natal.
Este cemitério é um autêntico Museu de celebridades. Como está muito bem ajardinado e com amplos espaços, dá gosto visitar.
Este foi o meu momento de homenagem a um artista de que gosto bastante: Chopin!
Os artistas nunca morrem (na visão dos materialistas), porque deixam a obra para a posteridade. Para mim(espiritualista) a vida e a obra continuam noutros planos.

É o caso de outro artista dos tempos atuais: Devi Tuszynski que repousa em campa rasa no outro cemitário de artistas e literatos:
O de Monparnasse. Está ao lado de Simone de Beauvoir, Jean Paul Sartre e não muito longe de Baudelair e outras inesquecíveis personalidades.


Jazigo de Chopin
Cemitério Le Pére Lachaise
Paris

1 comentário:

Ranieri disse...

Gostaria primeiramente de me apresentar ou reapresentar(quem sabe)Me chamo Ranieri Roberth Silva de Aguiar,sou professor de filosofia aqui no Brasil,na cidade de Luziania estado de Goiás.Quando estive em Portugal tive o prazer de conhecer o Professor Renato Paz Vasconcelos de forma casual na cidade do Porto.Quando cheguei ao Brasil vi que havia iniciado um grande amizade de além mar...hoje navegando pelas ondas da internet encontro este blog com o nome dessa mesma pessoa...caso seja você o Professor Renato PAz de Leiria...deixo aqui minhas lembranças e o registro da minha alegria de poder saber notícias suas.Parabéns pelo blog é de fato muito rico, didático e belo.
Grande abraço aqui dos trópicos.
Professor Ranieri Aguiar.